Arquivo por Autor

h1

“Michael Jackson: This Is It”: Trilha Sonora Sairá Antes do Filme

Setembro 28, 2009

(postado por Kee-a)

Sairá na madrugada do dia 26/27 de Outubro o aguardadíssimo CD do filme-ensaio “This is It”.  Segundo divulgação do site oficial do filme, a trilha sonora será um disco duplo. O Disco 1 contará com as masters originais do álbum de alguns do maiores hits de Michael Jackson, sendo colocadas na mesma seqüência em que aparecem no filme. O CD termina com duas versões do nunca-lançado “This Is It.” Essa música é destaque na seqüência de encerramento do filme e inclui backing vocals dos irmãos de Michal, os Jacksons. O Disco 2 oferece versões anteriores que não foram lançadas de algumas músicas clássicas do artista. Esse disco também apresenta um poema de Michael Jackson intitulado “Planeta Terra”.

Sinceramente venho esperando apenas que o CD contenha a versão re-arranjada de Smooth Criminal, que, aliás, toca em grande parte do trailer oficial do filme, como vocês já puderam conferir aqui no Tímpanos. O que Rogues não comentou no post sobre o filme é o absurdo de que, no Brasil, o filme apenas passará no Rio de Janeiro e São Paulo, e por 2 semanas.

Aguardemos o lançamento. The show must go on…

Anúncios
h1

(1991) Nirvana – Nevermind

Setembro 2, 2009

Nirvana - NevermindNotas

Kee-a [ 9,5 ] Dr. Zappia [ 10 ]  Rogues [ x ]

Kee-a: Falar de Kurt Cobain está muito na moda ultimamente. E existe algum motivo especial pra isso, fora o aniversário de sua morte? Sim, existe. Como bem definiu a revista Rolling Stone certa vez, Kurt Cobain é talvez o último grande herói do rock que este mundo (e o show business) conheceu. O álbum que será analizado aqui é algo quase intocável. Seria o “My Precious” de muita gente. E com toda certeza é uma obra prima.

“Nevermind” foi o responsável pela explosão do Nirvana por todo o mundo, ressurgindo inclusive o rock de manifestação de pensamento (e protesto) através da música. O movimento grunge que provavelmente nunca sairia de Seattle ganhou força não só na América mas em países que certamente nunca um som parecido com esse seria produzido (não por falta de capacidade, lógico, mas por questões culturais).

O álbum conta com um repertório fino. Difícil até citar hits do álbum, uma vez que praticamente o CD inteiro se tornou um hit. Certamente que “Smells Like Teen Spirit” e “Come as You Are” se tornaram aqueles exemplos de músicas que tanto tocaram que chegam até a irritar, algo como o “Fenômeno Ana Júlia”, mas obviamente, em escalas diferentes. Um pecado é que a desconcertante “Endless Nameless” (faixa oculta) não esteja presente em todas as versões do trabalho.

Letras subjetivas e ambíguas, melodias sempre simples e marcantes, com distorções e microfonias sempre presentes. Aliás, talvez seja pelo não exagero destas últimas que fãs e críticos mais chatos costumam torcer um pouco o nariz para este álbum.

Certamente, Nervermind foi um dos melhores CDs da história. Embora, em minha opinião pessoal, o álbum “In Utero”, que já foi analisado pelo Tímpanos, seja ainda melhor e mais a cara da banda.

Dr. Zappia: Ok. Todo mundo conhece o Nevermind – pelo menos qualquer ser inteligente que tenha vivido no planeta Terra nos últimos 18 anos. Os 4 acordes de Smells Like fazem qualquer público delirar de satisfação e a linha de baixo de Come as you are é o pote de ouro dos aprendizes de violão. No mais, parece que o Kee-a quer a análise só pra ele. Faz uma monografia sobre o disco então. Ah, ia esquecendo já: é nota 10 mesmo.

h1

Lei Que Dificultava Realização de Bailes Funks no Rio é Revogada

Setembro 2, 2009

(Postado por Kee-a)

Foi anunciada ontem na Assembleia Legislativa do RJ a aprovação de dois projetos importantes para a manifestação da cultura carioca: o que revoga regras que dificultavam a realização de bailes funk no Estado e o que confere status de movimento cultural ao estilo.

Ambos foram aprovados por unanimidade e serão enviados ao governador Sérgio Cabral, para sancioná-las.

Segundo colocação da Secretaria de Segurança Pública do Rio de Janeiro, a intenção da lei anterior era proibir o chamado “Funk Proibidão”. Ao meu ver, parecia uma incoerência, já que, como o próprio nome diz, o “proibidão” já não era permitido. Condenar toda manifestação e celebração da música funk (ou de qualquer outra) é um ato descriminatório e comprova como até hoje os vestígios da censura caminham com este país.

Independente do gosto musical de cada um, não compete ao Estado criar empecilhos jurídicos e administrativos para a realização de qualquer evento cultural.

Ponto positivo para os vereadores do Rio de Janeiro que revogaram essa medida facista.

funk

Funk ou não-funk - o importante é o respeito à diversidade.

Rogues: Exemplo clássico dos dois lados da moeda:

– O funk como expressão de toda uma comunidade reprimida e carente de políticas públicas, onde, nesta “arte”, consegue se comunicar e atingir o status tanto pregado pela mídia; rompendo barrerias de classes e difundido seu som por todo Brasil.

-E o funk como forma de instigação ao crime e apologia ao ‘depravamento’ social e sexual. Um funk que vai além da música e das danças eróticas, e que enfrenta a segurança estatal almejando uma posição no trono do poder. Os “proibidões”, como são chamadas as músicas que esquecem de todos os pudores necessários a boa convivência, encorajam aqueles que não tem mais voz.

Apenas creio que devemos pensar muito antes de analisar este movimento que não surgiu à toa. Surgiu na várzea carioca, mas expressa a grande ‘várzea’ brasileira.

h1

Festival “Música do Mundo” reúne grandes nomes, como Tom Zé e Rita Lee, dentre outros.

Setembro 2, 2009

(Postado por Kee-a)

festival-musica-do-mundoTrês Pontas (MG) realizará nos dias 10,11,12 e 13 de Setembro o Festival Música do Mundo, um grande evento que contará com shows de vários músicos locais além de artistas de extrema importância em nosso cenário musical, tais como Tom Zé, Rita Lee e Ivan Lins.

O festival estará homenageando Milton Nascimento e Wagner Tiso, que também estarão presentes e farão apresentações. Mais informações você encontra no site oficial http://www.festivalmusicadomundo.com.br e no endereço do My Space do festival http://www.myspace.com/festivalmusicadomundo .

tom ze

No detalhe, Tom Zé, como sempre, fazendo bem aos nossos tímpanos.

h1

12.937 Pessoas Batem o Recorde de Pessoas Dançando Michael Jackson

Setembro 1, 2009

(postado por Kee-a)

Quase 13 mil pessoas na Cidade do México neste dia 29 de setembro tentaram bater um recorde inusitado: recorde mundial de maior número de pessoas dançando Michael Jackson, em específico dançando a música de ‘Thriller’ .

O Guiness ainda não se manifestou a respeito, uma vez que ainda irá apurar os critérios para a contagem das pessoas.

Entretanto é fácil saber que o Recorde foi ultrapassado, já que o anterior era o de 242 estudantes que realizaram a coreografia em Williamsburg.(EUA)

Sinceramente acho bacana esse tipo de coisa, mas acho uma hipocrisia que artistas ainda precisem morrer pra receber tais demonstrações de carinho. Michael Jackson foi o rei nas mídias de todo o mundo até o início dos anos 90. Depois, pra passar o tempo, a mesma que o coroou como o “Rei do Pop” resolveu destruir sua imagem. Rest in Peace Michael. Aaaaaaaaau !

A dança recordista. Mas que os quase 13 mil sabiam dançar, isso é outra história...

A dança recordista. Mas se os quase 13 mil sabiam dançar, isso é outra história...

fonte: portal G1.com

h1

Franz Ferdinand Se Apresentará no VMB2009

Agosto 12, 2009

O título já explica por si só. A apresentação foi confirmada pelo portal da MTV na web. Confesso que a MTV Brasil ultimamente tem melhorado, e muito,  o elenco das suas festas… só não me venha com essa de “Banda dos Sonhos” que me faz sentir vergonha alheia todo ano quando leio quem ganhou. (ou você perde tempo assistindo aquilo? )

Franz Ferdinand

Um bom motivo pra você voltar a assistir ao VMB neste ano.

h1

Aerosmith Cancela Turnê Por Tempo Indeterminado

Agosto 12, 2009

(postado por Kee-a)

Aerosmith - Long Live The King Tyler !

O Aerosmith acaba de cancelar seus próximos 5 shows e não confirmou quando volta à ativa (nem se volta). O tombo que Steven Tyler sofreu na semana passada (fraturando o ombro) foi determinante para que a banda (infelizmente) desse um tempo.

Essa foi a turnê mais zicada da banda: Brad Whitford esteve fora de alguns shows, já que havia machucado a cabeça. Depois uma distensão muscular na coxa de Steve Tyler. Tom Hamilton, que se recuperou de um câncer há pouco tempo, precisou se afastar por conta de uma cirurgia. E agora Steve arrebenta os ombros.

Pra quem não foi ver o Aerosmith no Morumbi em 2006, só resta lamentar. As chances de vê-los novamente é cada vez mais remota. Os rockers também envelhecem…